19 de jun de 2011

Sou capaz de aprender crochê...

Verdade...sou capaz de aprender a fazer crochê com esta beleza de casaco! Olha que foram várias as tentativas de aprender a tejer com uma agulha. Minha mãe que o diga, pois tentou algumas vezes me passar os seus conhecimentos de crocheteira, mas não aderi muito às lições. Quem sabe foram as circunstâncias, e até mesmo tenho que dar uma insistida. Nunca sai do ponto correntinha e meu crochê fica sempre redondo, quando prossigo tecendo. Eu admiro muito as crocheteiras por fazerem peças maravilhosas e que o tricô não alcança em determinados trabalhos.
Agora haja paciência de minha mãe, pois vou fazer mais uma tentativa e claro quantas mais forem necesárias!
Para as crocheteiras, aqui vai a receita deste casaco maravilhoso (prometo, ainda vou fazê-lo!) e que nunca, mas nunca mesmo sai de moda! A receita está em russo...mas com gráficos e medidas que ajudam no "olhômetro" de como se faz. Como sugestão do fio a ser utilizado fica o Paratapet da Pingouin que daria um efeito interessante, pois há cores com várias tonalidades nude e marrons, mas neste modelo as combinações das cores são infinitas. 


Nenhum comentário: