31 de jan de 2010

Espaço Tear

Não é só o tricô que trama-se nesta Teia. O tear também aqui tem o seu espaço. O Tear de Pente Liço é um tipo de arte que nos impressiona pela sua simplicidade de confecção e pelo seu belo efeito! Pode-se fazer peças delicadas e exclusivas, com fios e tramas que ninguém terá, pois nunca um cachecol fica igual ao outro. Linhas finas podem ser usadas para lenços no verão e os fios de lãs, das mais variadas texturas, podem tramar a moda de palas e cachecóis, com muito charme em tempos frios. Então para a próxima coleção outono-inverno, quem sabe você não começe a tramar mais esta arte?
Vale à pena, pois o Tear tem o seu encanto! Aqui está uma sugestão de uma peça simples e bela!

27 de jan de 2010

Tutoriais da Drops Design


Hoje quem tricota, utiliza da tecnologia para fazer seus pontos e aprender. Em tempos de Educação à Distância o tricô entra também em cena.
Os Tutoriais nos mostram técnicas variadas, onde podemos aprender muitas coisas. Tem técnicas que nos facilitam muito o trabalho na hora da confecção. Um verdadeiro achado, para uma tricoteira que hoje em dia está na era do blogar e do blocar.
O que antes estava nos baús de novelos, hoje estão nos Pen Drives, nas Pastas salvas Tricozíticas, no Picasa e claro, nos Tutoriais.
A Garnstudio www.garnstudio.com, é um dos sites mais refinados de tricô que há. Lá podemos encontrar várias receitas em espanhol e português e os modelos são muito bonitos. Uma iniciativa elogiável da Garnstudio, pois é uma questão de carinho com as tricoteiras brasileiras e portuguesas. No Brasil apesar de ser um país tropical, ocorre muito frio e o tricô é sempre bem-vindo!
Em http://www.garnstudio.com/lang/en/video.php achamos vários vídeos disponíveis em tricô, com técnicas e pontos. Tudo o que as receitas em inglês nos apresentam, lá estão os vídeos nos mostrando como se faz! Vamos aos poucos nos familiarizando com os termos e com as técnicas.
Achei de grande valia!! Adorei!!


20 de jan de 2010

Considerações sobre o Tricotar

Sempre dou uma passada para conferir o que tem nos blogs tricoteiros por ai e a última postagem da Grace Burns do http://www.astramasdemilady.blospot.com/
me chamou muito a atenção.

Concordo plenamente com as palavras usadas pela Grace para definir o fazer-aprender-sentir o tricô. Tricotar é um verbo amplo. Teia-se, uni-se, cria-se e amplia-se redes.

Vou chamar de os Dez Mandamentos sobre o Tricô, que foram bem definidos por ela. Me identifiquei muito com a forma descrita sobre o saborear o tricô, como algo prazeiroso, simples e práxi terapêutico... Um tricô catártico*¹, como poderia assim considerar Anna Freud*², enquanto tricotava e ouvia seus pacientes no divã, regados pela escuta psicanalítica e sua Atenção Flutuante*³.
Assim diz Grace nas suas palavras à la Milady, confiram no Post:

http://astramasdemilady.blogspot.com/2010/01/recomecar-e-preciso.html


*1 Catártico: Método utilizado por Freud, para o paciente livrar-se de algo que lhe encomoda.
*2 Anna Freud: Sexta filha de Freud da qual seguiu a Psicanálise como o pai. Tricotava durante as sessões, considerando que o tricô facilitava a escuta diante do que o paciente dizia.
*3 Atenção Flutuante: Captação do que o paciente fala por parte do psicoterapeuta, sem críticas ou algo pré-concebido.

14 de jan de 2010

Bags dos sonhos

Quem não ficou tentada por um belo modelo de uma bolsa em tricô?
Ando nesta febre agora...estou na fase dos garimpos, por receitas e modelos e tenho achado
coisas maravilhosas.
Desde os modelos mais simples, aos mais sofisticados!
Vamos a eles, porém não há receitas, mas idéias e inspirações. Que tal?