16 de fev de 2011

Tecer...aos poucos e sempre

Não vejo a hora do frio chegar! É impressionante a vontade que desperta em tricotar em tempos frios, quando aquele ventinho minuano aponta pelas bandas do sul...
E o frio não vem sozinho: traz as ideias de novo, a vontade de estar à voltas das lãs, e dos muito fios que ficaram do inverno passado, entre tantas outras inspirações que o tricô nos remete.
Tear ideías, malhar mantas, blusas...ou simplesmente o que o tempo me permita, sem pressa e de forma totalmente descompromissada, apenas unindo os pontos e tecendo aos poucos, pelo prazer tão simples que o tricô nos possibilita.
Vou pegar meu tear de pregos, para ver o que invento e deixar minha mente mais livre e assim vou também criando nuaces no Tear de Pente Liço, onde fios, cores, rendas e  lãs diversas ganham a sua vez.  Tramar-se peças únicas e delicadas com total exclusividade.
O segredo é Tecer aos poucos e sempre!

Nenhum comentário: